Acerca de

campanha_fraternidade.png

A Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021

O Agostiniano preza por uma Educação Cristã, Humana e Solidária. Anualmente, desde 1962, a Igreja Católica Apostólica Romana, em preparação à Páscoa, a igreja organiza a Campanha da Fraternidade. A cada ano é definido um tema e um lema atuais e de caráter social e evangelizador que propõe profundas reflexões aos cristãos.

Esse período de estudos e aprofundamento para os cristãos e pessoas de boa vontade, educadas pela Palavra de Deus são chamados a viverem concretamente a fé em Jesus Cristo, contribuindo para um mundo de justiça, solidariedade e paz.

A Campanha da Fraternidade deste ano de 2021 aborda o tema “Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor” e adotou como lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido fez unidade”, uma passagem da Carta de Paulo aos Efésios capítulo 2, versículo 14. Esta é uma Campanha Ecumênica e está sendo organizada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC).

Atenta à crise econômica mundial e às tensões e aos conflitos no campo político e social vividos nos últimos anos, as igrejas cristãs brasileiras propuseram como tema da campanha a fraternidade e o diálogo. O seu objetivo é convidar as comunidades de fé (Igrejas e comunidades religiosas) e as pessoas de toda a sociedade a pensarem, avaliarem e identificarem formas e caminhos para superar as polarizações e a violência por meio do diálogo amoroso e fraterno. Dessa forma a campanha conclama as igrejas e a sociedade a buscar por meio diálogo a superação do ódio e da intolerância que leva à violência.

Em nossa escola tivemos um momento de abertura da Campanha da Fraternidade no dia 24 de fevereiro, por meio virtual que marcou o início das reflexões sobre o tema em todas as turmas e nas diversas disciplinas.

Na disciplina de Ensino Religioso, as reflexões são feitas a partir do texto-base da Campanha, refletindo com os alunos sobre a realidade brasileira e seus problemas econômicos e sociais, principalmente a desigualdade na distribuição de renda e à violência a pessoas e grupos sociais. Foi refletido também sobre a sociedade no tempo de Jesus e como os cristãos tentaram superar o preconceito e a violência e por fim os alunos conheceram ações concretas para superação do ódio e da intolerância.

 

 

Prof. Rômulo Luiz da Silva

Ensino Religioso e Filosofia

  • Facebook
  • Preto Ícone Instagram